domingo, 21 de fevereiro de 2010

Domingo no Arpoador

Hoje, o horário de verão se foi. Mas a estação ainda tem um mês pela frente, com nuances de fim de festa, de recomeço de atividades, com as águas de março, cantadas pelo Tom, ainda por chegar. E ainda vários domingos.

E foi pensando neles que veio, à memória, um programa de TV, do início dos anos 60, chamado Domingo no Arpoador.

Era apresentado ao vivo por Miriam Persia e Oswaldo Loureiro. Uma simples produção de uma câmera na mão, os dois andando pelas areias do então romântico e vazio Arpoador. De uma Ipanema das barracas de pano, sem barraqueiros, sem queijo coalho... Pois é, isso já existiu!




No programa eles conversavam com artistas que ali estavam, tinha música ao vivo, debaixo das barracas, ao som de violão, muita bossa-nova e ainda mostravam as modas da areia, daqueles tempos dos ousados engana -mamãe e meia-taça de tecidos xadrez, babadinhos e laise.

Quem lembra?

Um comentário:

  1. Adoraria ter visto isso, ou tanto melhor, ter histórias desse tempo pra contar!

    ResponderExcluir

Comente! Seja bem-vindo!