sexta-feira, 1 de maio de 2009

Esquadrilha da Fumaça


Acabei de ver pela minha janela a belíssima exibição da brava Esquadrilha da Fumaça.

Além do lindo dia de sol que por aqui faz, o céu azul - de brigadeiro - foi pano de fundo perfeito para as manobras daquela gente abusada e admirável.

Foi num mês de maio, no Rio de Janeiro, que nasceu, carioca, a Esquadrilha da Fumaça. 14 de Maio de 1952.

Após um intenso treinamento, nos intervalos de almoço e nas folgas da instrução de vôo, um seleto grupo de instrutores, fazia seu primeiro vôo. Os tenentes Domenech, Fraga, Collomer e Martins, com o objetivo de incentivar os cadetes e de mostrar-lhes que poderiam confiar em seus instrutores e aviões, decolavam e executavam um sem número de manobras de precisão. Loopings, Tounneaux, treinos em segredo em direção a Jacarepaguá ou Nova Iguaçú.
Depois, com o tempo vieram o tanque de óleo, exclusivo para a produção da fumaça, no compartimento de bagagem , que escreveu FAB em letras enormes sobre a praia de Copacabana, pela primeira vez em 1953. Mais tarde, aviões de uso exclusivo, com distintivo e pintura próprios.

A Esquadrilha da Fumaça foi aumentando o número de manobras e se popularizando cada vez mais no Brasil e no exterior e hoje é um orgulho para todos nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente! Seja bem-vindo!