sábado, 12 de setembro de 2009

Final de novela

Em tempos de capítulos finais de novela, bateu a recordação de um final de capítulo marcante na história da teledramaturgia brasileira.

Isso aconteceu na década de 60 e o final foi da novela O Direito de Nascer. Depois do sucesso que a história fez nos tempos do rádio, ela monopolizou a audiência também da TV.

Aqui no Rio a novela foi transmitida pela TV RIO, entre 1964 e 1965. O elenco com Nathália Timberg (sóror Helena da Caridade) , Amilton Fernandes (Albertinho Limonta) , Isaura Bruno (Mamãe Dolores), Elísio de Albuquerque (dom Rafael), Guy Lupi (Isabel Cristina), José Parisi (dom Jorge Luís) e Maria Luiza Castelli (Conceição), nos principais papéis, conquistou o público...
e até provocou um fato inusitado: o capítulo final encenado no Maracanãzinho. Quem lembra?
O fato arrebatou um Maracanãzinho superlotado, e a transmissão de lá, ao vivo, teve mais de um milhão e meio de espectadores, um número enorme para a época.

Infelizmente não existe mais nenhum capítulo da novela. Tudo foi apagado e o que restou foram apenas algumas imagens em filme.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente! Seja bem-vindo!