quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Confeitaria Colombo, 115 anos!


Hoje, 17 de setembro, comemoramos o aniversário de
umas das mais queridas casas cariocas: a Confeitaria Colombo,
local - de deliciosas recordações pessoais -
sobre o qual escrevi um livro, Confeitaria Colombo, junto com a amiga Alda Rosa.


Lá na Colombo nasceram e se firmaram tradições e inovações nos hábitos e costumes, ao longo dos tempos.

Assim, recordemos uma delas...
Na década de 40, a Confeitaria Colombo já era uma confeitaria madura no charme, na elegância e no requinte enquanto o modernismo nos hábitos de beber, vinha da América do Norte, causando surpresa: era a Coca-Cola, que chegava com seu sabor diferente e a recomendação de ser consumida gelada.

Naquela época não havia o hábito de se consumir nada gelado, pois as geladeiras antigas não produziam gelo e ainda se acreditava que alimentos gelados atacavam a garganta e provocavam gripes.

Segundo os antigos garçons da Colombo, foram as crianças as primeiras a se interessarem pelo novo refrigerante e assim a casa tradicional mostrou que também reconhecia a importância de se abrir para o novo, e, aos poucos, a garrafinha Mae West foi se colocando ao lado dos aparelhos de chá de porcelana e se tornando, também,“prata-da-casa”.
( trecho do livro)


PARABÉNS
CONFEITARIA COLOMBO!

Um comentário:

Comente! Seja bem-vindo!